12 de June, 2024
REFUGIADAS ucranianas agridem-se na fila para lavar a loiça
Atualidade Segurança

REFUGIADAS ucranianas agridem-se na fila para lavar a loiça

Por Redação | 19h44

Duas mulheres, ambas refugiadas ucranianas, envolveram-se em agressões, esta sexta-feira, de manhã, nas instalações da Unidade de Alojamento Temporário, na avenida de Sintra, em Cascais, obrigando à intervenção da PSP, apurou Cascais24Horas.

O confronto entre as duas mulheres registou-se quando ambas estavam na fila para lavar a loiça e uma delas terá passado à frente.

As duas mulheres entraram em confronto, inicialmente verbal e depois físico, obrigando à intervenção da PSP de Cascais, que enviou para o local duas patrulhas móveis.

Segundo Cascais24Horas apurou, antes da chegada da Polícia ter-se-ão vivido momentos de grande tensão entre os restantes refugiados, provocado pelo confronto entre as duas mulheres, uma das quais estará referenciada como “muito conflituosa”.

A PSP registou a ocorrência, a qual, no entanto, depende agora de queixa eventualmente a ser feita dentro de seis meses pelas intervenientes.

Recorda-se que o município de Cascais está a ajudar o povo ucraniano desde 2022, na sequência da guerra com a Rússia e desde então que acolheu mais de 3.600 refugiados, entre mulheres, homens e crianças, aos quais disponibilizou todos os apoios, considerando-os como “convidados”.

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *