14 de July, 2024
LIMPEZA de coletor volta a interditar praia de Parede
Ambiente Atualidade

LIMPEZA de coletor volta a interditar praia de Parede

Mai 31, 2024

Por Redação | 20h19

Pela segunda vez, com um curto intervalo de uma semana, a praia de Parede voltou, esta sexta-feira, a ficar interditada a banhos, com o içar da bandeira vermelha, depois das análises à qualidade da água, efetuadas pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), terem revelado valores microbiológicos acima dos parâmetros de referência.

Segundo Cascais24Horas apurou, na origem de esta nova interdição e da registada há uma semana estará, por parte da Agência Portuguesa do Ambiente, a recolha semanal de análises a coincidirem com operações de desobstrução e limpeza de um coletor por parte da empresa Águas de Cascais.

Esta situação, adiantou uma fonte a Cascais24Horas, “acaba por refletir-se nos valores microbiológicos, que acusam parâmetros acima da referência”.

A primeira interdição foi feita no dia 22 e o seu levantamento na sexta-feira passada.

Esta sexta-feira, a Autoridade Regional de Saúde deu instruções para que, de novo, fosse hasteada a bandeira vermelha e colocados os avisos nos acessos à praia, interditando a ida a banhos.

Ainda segundo Cascais24Horas apurou, a interdição a banhos na praia de Parede deverá manter-se até domingo ou segunda-feira, altura em que deverão ser conhecidos os resultados das novas análises à qualidade da água, que indiquem estar dentro dos parâmetros de referência.

Notícia relacionada

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *