12 de June, 2024
IGAI averigua conduta de investigadores da PSP em “assalto” a casa no bairro da Torre
Atualidade NotíciaCascais24Horas

IGAI averigua conduta de investigadores da PSP em “assalto” a casa no bairro da Torre

Por Valdemar Pinheiro | 22h10

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) recebeu uma queixa e abriu um inquérito para averiguar a atuação de agentes da Esquadra de Investigação Criminal (EIC) de Cascais na busca a uma habitação, no bairro da Torre, apurou Cascais24Horas.

Em causa, segundo fonte próxima da IGAI, estará a forma como os polícias, embora munidos de mandado de busca e apreensão emanados judicialmente, entraram no dia 20 de maio, pelas 07h00 da manhã, na habitação- um segundo andar da rua das Naus.

Os queixosos são um casal sexagenário que, naquele dia, manhã bem cedo, viram entrar casa dentro vários indivíduos encapuzados, que os neutralizaram, vindo depois a saber tratar-se de agentes da PSP.

Nada terá sido encontrado na busca, que terá durado menos de 20 minutos- um pesadelo para o casal, sem antecedentes criminais, que acusa agora os polícias de terem tido um trato de arrogância e autoritarismo na curtíssima e mal sucedida busca.

Na queixa formalizada, o casal pede a instauração de um processo de averiguações à conduta dos polícias, em especial da chefe da Esquadra de Investigação Criminal.

Já a PSP contrapõe em auto de notícia que a porta da habitação foi arrombada por não ter sido prontamente franqueada.

Os queixosos negam e afirmam que o “argumento é falso, porque nem bateram à porta” de cujos danos materiais esperam vir a ser ressarcidos.

Entretanto, segundo Cascais24Horas apurou, o mandado de busca foi emitido pelo juiz 2 de Instrução Criminal de Cascais para a habitação de familiares de um jovem suspeito de tráfico de estupefacientes e atualmente com apresentações na PSP de Cascais, depois de, juntamente com um outro, ter sido apanhado a transportar 2 quilos de haxixe no veículo de um deles.

Notícia relacionada

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *