18 de July, 2024
GNR deteve em Manique dupla em carro furtado usado na véspera em sequestro e extorsão
Segurança

GNR deteve em Manique dupla em carro furtado usado na véspera em sequestro e extorsão

Fev 16, 2024

Por VALDEMAR PINHEIRO | 22h06

Uma apertada, mas discreta operação da GNR de Alcabideche culminou, esta sexta-feira, de manhã, em plena estrada de Manique na interceção e detenção de dois homens, que viajavam num carro furtado e usado na véspera no sequestro com extorsão de que foi vítima uma mulher, 73 anos, à saída do estacionamento do supermercado Aldi, apurou Cascais24Horas.

No entanto, os ocupantes, de 47 e 22 anos, não foram os mesmos que, esta quinta-feira, no mesmo veículo, um Volkswagen Golf, abordaram a vítima no estacionamento do supermercado, exigindo-lhe dinheiro a pretexto que tinham sofrido estragos na sua viatura.

Na altura, a mulher entregou logo 50 euros, que tinha consigo, mas sob coação e com um dos indivíduos ao lado na sua viatura, enquanto era seguida pelo cúmplice no Volkswagen Golf foi obrigada a dirigir-se ao Multibanco instalado no posto de combustível da Galp, em Alcoitão.

Todavia, devido a não haver dinheiro disponível, voltou ao Aldi onde existe uma caixa Multibanco, tendo levantado 400 euros, que entregou aos suspeitos, os quais exigiram mais 250 euros, que deviam ser entregues esta sexta-feira no mesmo estacionamento.

Alertada, a GNR de Alcabideche montou esta sexta-feira, de manhã, um discreto dispositivo, quer no parque, quer ao longo da estrada de Manique, acabando por intercetar o Volkswagen Golf, com dois suspeitos em Manique, junto à estrada dos Bernardos.

O veículo foi bloqueado numa fração de segundos pelo patrulha da Guarda e os dois ocupantes, surpreendidos pela rápida abordagem, não tiveram hipótese de oferecer qualquer resistência.

Mantiveram-se no interior do Volkswagen até à chegada de uma segunda patrulha, tendo então ordem para sair para o exterior, onde foram revistados e, depois, levados isoladamente em cada um dos patrulhas da GNR para o Subdestacamento de Alcabideche.

Segundo apurou Cascais24Horas, o veículo usado nos crimes e agora recuperado tinha sido furtado na Baixa da Banheira.

Embora viajassem na mesma viatura usada para o sequestro com extorsão, os dois homens não foram reconhecidos pela vítima como sendo os mesmos que a abordaram.

Acabaram por ser detidos apenas por furto e uso de veículo furtado e libertados mais tarde, tendo o caso baixado a inquérito.

As autoridades acreditam que é possível que os dois suspeitos integrem um grupo mais vasto, que tem atuado ultimamente em parques de estacionamento de supermercados do concelho de Cascais, não sendo de excluir que possam ter sido enviados pelos que atuaram na quinta-feira para receberem os 200 euros, atendendo a que, perto do local onde foram intercetados, chegaram a questionar um peão sobre onde ficava o “Aldi”.

Segundo Cascais24Horas apurou, pelo menos dois outros condutores, clientes do Aldi, em Manique, foram alvo nas últimas semanas da atuação de um gang, que simula acidentes e danos nos veículos dos seus membros para extorquir dinheiro às vítimas.

Notícia Anterior

Notícia Seguinte

1 Comment

  • A parte mais importante da notícia é o facto de terem sido libertados no mesmo dia, este país está transformada na república do bananal

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *