17 de July, 2024
POLÍCIAS desviados da rua para guardarem portão avariado há mais de um mês na sede da PSP de Cascais
Destaques Exclusivo

POLÍCIAS desviados da rua para guardarem portão avariado há mais de um mês na sede da PSP de Cascais

Abr 5, 2024
SEDE da Divisão Policial de Cascais

Por Redação | 18h16

Uma avaria no portão automático de acesso ao parque privativo da sede da Divisão Policial de Cascais está a desviar desde há mais de um mês, pelo menos três polícias por dia para garantirem a proteção ao local, denunciou, esta sexta-feira, em comunicado, a Associação Representativa dos Polícias (ARP).

Esta associação considera “insólita” a situação, que está a causar “desconforto na Divisão Policial de Cascais e, acrescenta, “provavelmente na gestão de recursos da PSP”.

A direção da ARP revela que “há cerca de um mês que uma avaria num portão existente nas traseiras do edifício sede está a desviar polícias das diversas esquadras para estarem de prevenção a um portão”.

Ainda de acordo com a mesma nota e, segundo disse, a Cascais24Horas, Jorge Rufino, presidente da associação sindical, “os polícias são nomeados por imposição”.

No entanto, segundo Cascais24Horas apurou, esta não é a única situação insólita vivida atualmente na sede da Divisão Policial de Cascais, comandada pelo intendente Reinaldo dos Santos, que deverá deixar o cargo em maio próximo.

Já desde fevereiro último que também a iluminação interna de salas e gabinetes tem vindo a sofrer problemas.

Lâmpadas fundidas são substituídas por outras ativas, trocadas de uns gabinetes para os outros para que possa haver iluminação em todos os locais.

Cascais24Horas procurou obter esclarecimentos oficiais junto do Comando Metropolitano da PSP de Lisboa (Cometlis), mas até ao momento sem sucesso.

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *