17 de July, 2024
ANTIGO Bombeiro em duas corporações de Cascais morreu eletrocutado ao tentar salvar canídeo
Atualidade Segurança

ANTIGO Bombeiro em duas corporações de Cascais morreu eletrocutado ao tentar salvar canídeo

Fev 28, 2024

Por REDAÇÃO | 16h05

Os bombeiros portugueses estão de luto e, em particular, os do Bombarral, Carcavelos e SDRana, Estoril e de Oeiras pela morte de Jorge Marques, 46 anos, vítima de eletrocussão ao tentar salvar o seu patudo de estimação, este sábado, no Bombarral.

O malogrado bombeiro estava em casa quando ouviu ganir ‘Loki’, o seu canídeo de estimação. O animal encontrava-se preso a uma corrente de metal. Ao tentar ajudá-lo, acabou por ser eletrocutado e ambos acabaram morrer. Tudo indica que a corrente estaria em contato com algum fio elétrico.

Depois de passagens pelos Corpos de Bombeiros de Oeiras e do Estoril, Jorge Marques ingressou a 4 de julho de 2020 na corporação de Carcavelos e São Domingos de Rana. Em novembro foi viver para o Bombarral e nessa altura pediu transferência para o Corpo de Bombeiros local. A transferência foi efetivada oficialmente no dia 29 de janeiro último. Em dezembro, Jorge Marques, bombeiro de 3ª, ainda prestou serviço no Corpo de Bombeiros de Carcavelos e São Domingos de Rana, segundo apurou Cascais24Horas.

Entretanto, na sequência da sua morte em circunstâncias tão trágicas, os Bombeiros de Carcavelos e SDRana manifestaram publicamente “profundo pesar” pelo falecimento do seu ex-bombeiro.

“Perde-se não apenas um valoroso bombeiro, mas também um exemplo de coragem, dedicação e altruísmo”, lê-se na nota de pesar publicada nas redes sociais da corporação, que recorda que “durante o seu tempo de serviço entre nós, o Jorge Marques demonstrou um compromisso inabalável com a segurança e o bem-estar da comunidade, enfrentando desafios com bravura e determinação. A sua ausência deixará um vazio imensurável nos corações daqueles que tiveram o privilégio de conhecê-lo e trabalhar ao seu lado”.

Ao apresentar “as mais profundas condolências à família e aos amigos do Jorge Marques”, o Corpo de Bombeiros de Carcavelos e SDRana “compartilha a sua dor neste momento de luto” e acrescenta “que encontrem conforto na lembrança dos seus nobres feitos e no legado de serviço exemplar que deixou para trás”.

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *